Ícone de chat

Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Menu de Navegação

Alerta de Golpe contra Mutuários

/ Alerta de Golpe contra Mutuários

CDHU alerta para ação de golpistas contra mutuários 

Estelionatários estão enviando carta usando o nome de escritórios de advocacia fictícios e reais para oferecer falsos descontos para o morador saldar sua dívida 

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), empresa vinculada à Secretaria de Estado da Habitação, alerta para um novo golpe praticado por estelionatários que usam o nome de escritórios de advocacia. Nas cartas enviadas para a casa dos mutuários, são oferecidas falsas propostas de acordo com descontos para regularização da dívida.  No texto, é indicado também um número de WhatsAPP e um e-mail para o mutuário dar sequência à negociação fraudulenta.

As cartas usam nomes de escritórios de advocacia, existentes ou não, e, inclusive, de credenciados pela CDHU. O objetivo é ludibriar o mutuário, dando a falsa impressão de se tratar de correspondência oficial da companhia.   No boleto enviado aos mutuários, a CDHU aparece como beneficiária, mas ao digitar o código de barras aparece o nome de outra pessoa.

A orientação da CDHU para o mutuário é desconsiderar essas cartas e registrar um boletim de ocorrência na Delegacia de Polícia (presencialmente ou pela internet)  por estelionato ou tentativa de estelionato. O mutuário também é orientado a denunciar seu recebimento para a companhia por meio de seus canais oficiais: o site www.cdhu.sp.gov.br (acessar o menu no lado esquerdo, clicar em Contato e Localização e depois em Ouvidoria/Denúncias; pelo Alô CDHU 0800 000 2348 ou pelo e-mail  fraudesdeboletos@cdhu.sp.gov.br e anexar, cartas, boletos recebidos, print de conversas e o BO, independentemente de ter sido efetuado ou não um pagamento. 

ALERTAS

Outra modalidade de golpe usa o aplicativo de mensagens Whats App para oferecer falsas negociações financeiras. Por isso, a CDHU reforça ao mutuário que não negocia nem envia boletos por WhatsApp; não solicita qualquer tipo de depósito ou transferência bancária ou PIX para pagamento de boletos ou quitação de débitos; e seus boletos são emitidos apenas pela Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, cujos códigos de barras iniciam com 104 ou 001.

Outra orientação é conferir sempre o nome do beneficiário do boleto que chega ao mutuário. Se foi emitido pela CDHU sempre terá o nome da Cia como beneficiário e o CNPJ 47.865.597/0001-09, pois a CDHU não emite boleto em nome de pessoas físicas ou CNPJ diferente do informado.

Os endereços de e-mail oficiais da CDHU terminam sempre com @cdhu.sp.gov.br ou @apoiocdhu.sp.gov.br. A empresa não usa e-mail público (gmail, hotmail, ig e outros). Em caso de dúvida, consulte apenas os canais oficiais, como o site www.cdhu.sp.gov.br ou ligue para o Alô CDHU: 0800 000 2348, que está operando regularmente.

Para consultas presenciais, o mutuário pode procurar um dos Postos do Poupatempo, onde o atendimento está funcionando normalmente, ou agendando um atendimento nos escritórios regionais da companhia. A CDHU comunica que está tomando todas as providencias administrativas e judiciais necessárias para coibir a ação destes golpistas.  


LINKS DE REPORTAGENS SOBRE AS FRAUDES:

CDHU faz alerta sobre golpes para quem paga financiamento da companhia

Moradores de casas populares são vítimas de estelionatários em SP - RecordTV - R7 Fala Brasil

Estelionatários usam nome da CDHU para aplicar golpes em mutuários

CDHU faz alertas sobre tentativa de golpes na região

Mutuários da CDHU relatam golpes com cobranças falsas

A CDHU está alertando um novo golpe de estelionatários que usam o nome de escritórios de advocacia

A CDHU alerta para novo golpe por estelionatários, que se utilizam de nomes de escritórios de advocacia

Alerta: criminosos aplicam golpes em financiadores da CDHU

CDHU alerta para novo golpe praticado por estelionatários que usam nome de escritórios de advocacia em cartas

Falso acordo: bandidos tentam enganar quem tem parcelas em atraso com a CDHU

Brasil Urgente - 08/10/2021

Clipping de Notícias sobre as fraudes contra mutuários

Publicador de Conteúdos e Mídias

Notícias CDHU

SP autoriza novas 624 moradias e urbanização de bairro em Guarulhos

24/06/2022

SP autoriza novas 624 moradias e urbanização de bairro em Guarulhos

Serão investidos R$ 160,1 milhões na construção de apartamentos, obras de infraestrutura e ações de regularização fundiária na segunda etapa do projeto Pimentas; cidade ganha Viver Melhor Leia mais

Programa Viver Melhor beneficia milhares de famílias com recuperação de moradias e avança para o interior e litoral do Estado 

20/06/2022

Programa Viver Melhor beneficia milhares de famílias com recuperação de moradias e avança para o interior e litoral do Estado 

Com investimento de R$ 350 milhões, na primeira etapa, o programa vai reformar 17,5 mil domicílios de famílias com renda de até cinco salários mínimos  Leia mais

Secretaria de Estado da Habitação implanta  Viver Melhor em Paraisópolis e reforma 880 casas

20/06/2022

Secretaria de Estado da Habitação implanta  Viver Melhor em Paraisópolis e reforma 880 casas

Programa criado nesta gestão recupera interna e externamente domicílios inadequados situados em assentamentos precários sem custos para as famílias Leia mais

Governo de SP implanta Viver Melhor em Osasco

20/06/2022

Governo de SP implanta Viver Melhor em Osasco

Programa da Secretaria de Estado da Habitação vai reformar 600 domicílios considerados inadequados situados no núcleo AE, Jardim Veloso Leia mais

Governo SP visita obras do Programa Viver Melhor em Santo André

20/06/2022

Governo SP visita obras do Programa Viver Melhor em Santo André

Localizados em assentamento precário no bairro AABB, os domicílios estão sendo recuperados sem custos para as famílias beneficiadas; neste sábado 103 casas foram entregues reformadas Leia mais

Acesse também

Acesse também

Dispositivos Móveis

Baixe gratuitamente o App da CDHU nas lojas Google Play ou Apple Store

Governo do Estado de SP
Entrar