Ícone de chat

Publicador de Conteúdos e Mídias

Notícias CDHU

Voltar Listagem Notícias
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação

07/08/2021 Sábado 11:30hs

Governo do Estado autoriza início de obras na região de Bauru

O Governo do Estado liberou, nesta sexta-feira (06/08), o início das obras de urbanização de 364 lotes de empreendimentos da modalidade Nossa Casa - CDHU, na região de Bauru. As novas moradias serão construídas nos municípios de Cruzália, Guarantã, Pongaí e Queiroz. Nas cidades de Cafelândia e Promissão, foi autorizada a retomada das obras de empreendimentos. Foi anunciada também a retomada de outros 14 empreendimentos no Estado. O secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, participou das solenidades.

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) vai construir 130 novas moradias em Cruzália. O governo do Estado vai liberar R$ 3,2 milhões para o início das obras de urbanização dos lotes do novo empreendimento que será construído no município. Em Guarantã, a ordem de serviço de R$ 3,7 milhões é para a execução da urbanização dos 152 lotes. Já em Pongaí, serão urbanizados 30 lotes, sendo que o valor da ordem de serviço é de R$ 1,1 milhão. Para o empreendimento de Queiroz, com 52 unidades, o valor é de R$ 1,8 milhão.

"Temos um anúncio importante na área da Habitação, aqui nosso vice-governador dará início às obras em mais quatro municípios para mais 364 unidades: Guarantã, Pongaí, Queiroz e Cruzália. Vamos fazer em duas etapas - a urbanização da área e, na sequência, a construção de mais de 6 mil casas em todo o Estado. Não só realizando o sonho das famílias, a expectativa das pessoas que já foram sorteadas, mas também nesse momento de retomada econômica, da importância que tem a construção para geração de emprego e renda nesses municípios" disse Flavio Amary.

Esses contratos já fazem parte do novo formato da modalidade Nossa Casa - CDHU. Esta é primeira etapa da construção desses conjuntos habitacionais, que prevê a urbanização dos lotes com pavimentação e implantação de água, esgoto e outros itens. Na fase seguinte, serão realizadas as edificações das casas.

Anteriormente, os empreendimentos seriam produzidos e financiados pela Caixa Econômica Federal. Para dar mais agilidade, a CDHU assumiu as obras, que serão executadas nessas duas fases.

Os empreendimentos serão compostos de casas com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro, lavanderia e área útil de 47,87 m2. O projeto dos imóveis incorpora as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Companhia. As unidades terão sistema gerador de energia fotovoltaica. Os sorteios para a seleção das famílias já foram realizados em julho de 2020 e serão mantidos para este novo formato.

Retomada de obras

O Governo de São Paulo autorizou ainda, nesta sexta-feira, a contratação pela CDHU para a retomada das obras de 22 casas do Programa Moradia Melhor - Sub 50, da agência Casa Paulista, em Cafelândia. Ao todo, será contratada a conclusão de 585 casas em 15 municípios no Estado, que foram paralisados pelo governo federal. A Cobansa iniciou a operação para a construção desses empreendimentos pele Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social do Governo Federal, a municípios com menos de 50 mil habitantes. Agência Casa Paulista, vinculada à Secretaria de Estado da Habitação aportou, em 2014, recursos para construção dos empreendimentos que não foram concluídos.

As obras serão retomadas pela CDHU em convênio a ser firmado no Programa de Desenvolvimento Urbano (PDU) da Casa Paulista. A Companhia receberá os recursos e fará a complementação da produção dos empreendimentos, após vistorias. Será firmada parceria com o município conforme a necessidade.

Da mesma forma serão retomadas as obras de 39 casas em Promissão. Essas estavam sendo operacionalizadas pelo Banco China e também contou com aporte de recursos da Casa Paulista. A CDHU receberá os recursos do PDU e fará a complementação da produção do empreendimento.

"Estou aqui por um motivo muito especial que é a retomada de obras, retomada da esperança, retomada do emprego e a expectativa que todos nós temos de dias melhores. Isso aqui é um exemplo do que é hoje administração pública, perseverar e não desistir", disse Rodrigo Garcia.

Fonte: Superintendência de Comunicação Social

Crédito: Divulgação CDHU/Habitação
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação

Acesse também

Acesse também

Dispositivos Móveis

Baixe gratuitamente o App da CDHU nas lojas Google Play ou Apple Store

Entrar