Ícone de chat

Publicador de Conteúdos e Mídias

Notícias CDHU

Voltar Listagem Notícias
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação

01/10/2022 Sábado 13:52hs

Alunas recebem certificado para atuar na reforma do Programa Viver Melhor em Mogi das Cruzes

 

 A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), empresa vinculada à Secretaria de Estado da Habitação, participou nesta sexta-feira, 30 de setembro, da cerimônia de entrega de certificados para 15 mulheres que concluíram o curso de capacitação em serviços da construção civil, ministrado pela empresa social Concreto Rosa, com apoio da Prefeitura de Mogi das Cruzes. O presidente da CDHU, Silvio Vasconcellos, participou do evento.

Moradoras da própria comunidade,  quatro dessas aulas formadas foram contratadas para atuar nas obras de reforma do Viver Melhor, em Mogi das Cruzes, programa que está promovendo a recuperação interna e externa de 750 domicílios em situação precária nos núcleos habitacionais de Vila Nova Estação, Jundiapeba e Vila Nova União. O investimento do Viver Melhor em Mogi é de R$ 12,5 milhões. 

“Hoje é  o primeiro passo dessa conquista e para gente chegar aqui houve a necessidade de uma rede de colaboração que trouxe essa ideia maravilhosa do Concreto Rosa”, disse o presidente Silvio Vasconcellos. “São mulheres da própria da comunidade trabalhando na reforma das casas, numa parceria que traz muito orgulho para a CDHU”, enfatizou.


O curso profissionalizante, com duração de 10 dias, capacitou mulheres do núcleo Vila Nova Estação em vários serviços, como pintura e revestimento. As aulas foram ministradas pela empresa social Concreto Rosa, formada por uma equipe feminina de arquitetas, pedreiras, eletricistas e pintoras, que promove a inclusão das mulheres no setor da construção civil.  As aulas ocorreram numa creche municipal de Mogi das Cruzes, que foi reformada pelas próprias alunas como parte do curso de capacitação. Todas as participantes do curso receberam um kit de ferramentas e uma ajuda de custo de R$ 200,00.
 
Silvana Aparecida Candia, 51 anos, mãe de 7 filhos, era uma das formadas mais felizes. Contratada para trabalhar no programa Viver Melhor, é moradora da comunidade Vila Nova Estação há 36 anos. “Eu agora me sinto muito capacitada para fazer o que eu quiser. Aprendi muitas coisas no curso de capacitação. Eu era do lar, mexia na horta agora sei pintar, e mexo com elétrica. Estou muito feliz”, afirmou após receber o certificado de conclusão.

Criado em 2021 durante a pandemia, o Programa Viver Melhor promove a recuperação interna e externa de domicílios em inadequação habitacional em assentamentos precários. A meta é reformar nesta primeira etapa 17,5 mil domicílios com investimentos de R$ 350 milhões.

A CDHU executa os serviços, sem custo para as famílias, como colocação de piso, revestimento, instalação de esquadrias, impermeabilização, restauração de telhados, reparos de drenagem, instalações elétricas e hidráulicas, conexão com rede de água e esgoto, melhorias em acessos e áreas comuns do núcleo habitacional, entre outros. As fachadas das casas também são recuperadas e ganham pintura colorida projetada para revitalizar a paisagem local.

Com recursos da agência de fomento da Casa Paulista, o Viver Melhor aprimora as condições de habitabilidade, salubridade, acessibilidade para famílias com renda de até cinco salários mínimos. As áreas selecionadas estão em processo ou são passíveis de regularização fundiária. Estão excluídos os locais de risco e de proteção ambiental.

O trabalho desenvolvido pela CDHU consiste em três etapas: vistoria no local para avaliar a moradia e suas necessidades, coleta da assinatura do morador no termo de adesão e execução das obras de melhoria.

Fonte: Superintendência de Comunicação Social
 

Acesse também

Acesse também

Dispositivos Móveis

Baixe gratuitamente o App da CDHU nas lojas Google Play ou Apple Store

Entrar