Publicador de Conteúdos e Mídias

Notícias CDHU

Voltar Listagem Notícias
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação

18/02/2021 Quinta-feira 19:18hs

Secretaria da Habitação entrega 115 moradias e 101 títulos de propriedade na região de Franca

A Secretaria de Estado da Habitação entregou nesta quinta-feira, 18 de fevereiro, 115 casas e 101 títulos de propriedade na região administrativa de Franca. Os títulos de propriedade de imóveis regularizados pelo Programa Cidade Legal foram entregues nas cidades de Batatais e Jeriquara. Já as moradias foram construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e entregues em Itirapuã. O secretário Flavio Amary participou das cerimônias e também visitou um empreendimento da CDHU, em São Joaquim da Barra.

"Quando uma família recebe um título de regularização fundiária, com a matrícula registrada em cartório, tem mais segurança para transmitir o imóvel para seus filhos, ter acesso ao crédito imobiliário e a comercialização segura. Essa é uma das ações sociais mais importantes do Governo do Estado. Parabéns às famílias de Batatais e Jeriquara que estão recebendo o título dos seus imóveis hoje", disse Flavio Amary.

Batatais - A entrega de 60 títulos de propriedade na cidade Batatais aconteceu às 8 horas, em evento no Conjunto Habitacional Potreiro II, Praça Jamile André Mansur, Bairro Santo Antônio. Para evitar aglomeração, cinco moradores receberam o documento representando simbolicamente as demais famílias.

A trabalhadora rural, Lucia Helena de Sousa Santos, 64 anos, recebeu o título de propriedade do seu imóvel e estava muito emocionada. Ela aguardava o documento há 32 anos. "É uma alegria muito grande. Estou realizando o sonho de uma vida. Hoje posso dizer que tenho a minha casa", comemorou.

Itirapuã - Em Itirapuã, ocorreu a entrega, às 9h30, de 115 casas do Conjunto Habitacional Higino Alves Taveira. A entrega simbólica das chaves para três futuros moradores foi Rua Armando de Paula Nascimento, nº 4.897, Quadra D, Lote 9. "Estou muito feliz de estar aqui em Itirapuã, fazendo essa entrega e desejo que vocês transformem o que é um tijolo num lar, que vocês cuidem do conjunto novinho como estão recebendo, convivendo bem com seus vizinhos, e que vocês transformem esse ambiente com muita alegria harmonia e felicidade", disse o secretário Flavio Amary.

Uma das famílias que recebeu as chaves do imóvel e representou os demais futuros moradores do conjunto habitacional é a de Cíntia Maria de Souza, que está grávida e tem sete filhos. "Nossa é uma emoção muito grande. Estou doidinha para entrar na casa", afirmou.

O residencial foi viabilizado em parceria com a prefeitura de Itirapuã, que doou o terreno. A CDHU investiu R﹩ 10,1 milhões na obra. As casas possuem 47,87m² de área, dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro e incorporam as melhorias estabelecidas como diretrizes de qualidade pela Companhia, como pisos cerâmicos e laje em todos os cômodos, azulejos no banheiro, parcial na cozinha e área de serviço, caixilhos em aço galvanizado com pintura eletrostática, coberturas com estrutura metálica e sistema gerador de energia fotovoltaico.

Jeriquara - No município de Jeriquara, mais 41 títulos de propriedade foram entregues. Desta vez, o núcleo que recebeu os títulos foi o Loteamento Coromácio Bibiano de Carvalho. O evento aconteceu às 11 horas, na Rua Aguiel Borges, nº 541, quando cinco moradores receberam o título representando os demais.
"Uma benção na minha vida, estou muito feliz por ter conseguido essa documentação. Já imagino um futuro melhor com mais dignidade", disse a aposentada Lucimar Aparecida Andrade, mãe de oito filhos que morava no imóvel há 17 anos e aguardava a regularização.

São Joaquim da Barra - Ainda na região de Franca, o secretário Flavio Amary visitou, às 12h15, o Conjunto Habitacional São Joaquim da Barra D, que está sendo edificado pela CDHU.A visita foi no condomínio Morada do Sol, na Rua Lurdes Caetana Áreas, 690. Ao todo o conjunto contará com 164 casas, das quais 81 já foram entregues no final do ano passado. As demais unidades estão em construção. A CDHU está investindo R﹩ 10,5 milhões no empreendimento, composto de casas com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área útil de 47,87 m².

O frentista Odair José Marim, 40 anos, casado, falou sobre a mudança na sua vida que a nova moradia proporcionou. "Sonho realizado. Até o ano passado pagava aluguel e a situação era difícil, agora graças a CDHU tenho um lar, um espaço digno para minha família".

Cidade Legal - O programa da Secretaria de Estado da Habitação acelera e desburocratiza o processo de regularização fundiária, sem custo aos municípios e aos moradores. As prefeituras recebem apoio técnico para a regularização de parcelamento do solo e de núcleos habitacionais, públicos ou privados, para fins residenciais, localizados em área urbana ou de expansão urbana.

A iniciativa também oferece assessoria para intermediar o registro dos projetos de regularização fundiária urbana nos cartórios de imóveis. Além de garantir segurança jurídica, o programa leva às famílias de baixa renda outros benefícios, como o acesso ao mercado formal de crédito, a possibilidade de comercialização do imóvel e a transferência do bem para filhos ou herdeiros.

Fonte: Superintendência de Comunicação Social

Crédito: Divulgação CDHU/Habitção
Crédito: Divulgação CDHU/Habitção
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação
Crédito: Divulgação CDHU/Habitação

Acesse também

Acesse também

Dispositivos Móveis

Baixe gratuitamente o App da CDHU nas lojas Google Play ou Apple Store

Entrar